top of page
Logotipo-GiroOSB-1.png
extra base linha.png

Orquestra Sinfônica Brasileira se apresenta em Japeri dia 4 de novembro

O concerto contará com a participação de estudantes de música da Baixada Fluminense e do Coral Conexões Musicais, formado por 150 crianças de escolas públicas da região


No dia 4 de novembro, a Orquestra Sinfônica Brasileira se apresentará no Paço Municipal de Japeri em evento gratuito. Sob a regência do maestro Anderson Alves, os instrumentistas da OSB dividirão o palco com jovens da Baixada Fluminense atendidos pelo Conexões Musicais, projeto da orquestra que promove a inclusão social por meio da educação musical, para marcar o fechamento de mais um ano de atividade.


Ao longo de 2023, jovens de Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Queimados, Paracambi e Japeri atendidos por projetos sociais parceiros da OSB viveram uma intensa experiência junto à orquestra. Receberam aulas e mentoria artística, participaram de workshops, assistiram a diversos concertos, entre outras atividades com o objetivo de aprimorar a técnica instrumental desses alunos e oferecer vivência no universo orquestral. O resultado de todas essas ações será visto e ouvido no palco montado no Paço Municipal de Japeri para o grande concerto de integração.


No programa, estão obras de compositores brasileiros: O Hino de Japeri na abertura, composto por Jorge da Silva Alves e Abner Lopes Carvalho; “Brasil Amazônico”, do compositor Dimitri Cervo; “Psalmus”, de João Guilherme Ripper; “O Trenzinho do Caipira”, de Heitor Villa-Lobos; “Suite Pixinguinha”, que intercala temas compostos pelo maestro Anderson Alves e canções assinadas pelo nosso mestre do choro; “Suite Pernambucana”, do compositor Guerra-Peixe; e, para encerrar, “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga com arranjos de Alexandre Queiroz. No decorrer do concerto, alunos dos polos musicais parceiros do projeto Conexões Musicais, situados em Duque de Caxias, Japeri e Paracambi, se juntarão à Orquestra para tocar junto com seus professores.


A oportunidade de subir ao palco ao lado da Orquestra Sinfônica Brasileira para esses jovens é uma etapa importante do seu aperfeiçoamento musical, além de inspirar outros jovens da comunidade a se interessarem pela música. Além de encerrar o trabalho desenvolvido ao longo do ano com os estudantes de música da Baixada Fluminense impactados pelo Conexões Musicais, o evento promove a democratização do acesso à música de concerto, buscando atingir um público que está fora dos grandes centros urbanos e distante das salas de concerto tradicionais.


Outra ação do projeto nesses municípios foi a criação de classes de canto coral em escolas municipais. O evento do dia 4 começa às 16h com apresentações de grupos artísticos locais e também do Coral Conexões Musicais, formado por 150 crianças e jovens de 08 a 20 anos, integrantes dos corais criados pela Orquestra Sinfônica Brasileira em 7 escolas públicas da região, que irão colocar em prática o que aprenderam nos últimos meses.


O Conexões Musicais é um projeto de educação e responsabilidade social da Fundação OSB em atuação desde 2017, que já esteve presente em 30 municípios e impactou diretamente mais de 3500 alunos. A iniciativa tem como objetivos principais a valorização da cultura local, a transformação social em territórios de vulnerabilidade socioeconômica e a aproximação do público jovem da música de concerto, levando aprimoramento técnico a estudantes de música atendidos por projetos sociais parceiros. As atividades na Baixada Fluminense contam com o patrocínio da NTS - Nova Transportadora do Sudeste.



A ORQUESTRA SINFÔNICA BRASILEIRA:

Fundada em 1940, a Orquestra Sinfônica Brasileira é reconhecida como um dos conjuntos sinfônicos mais importantes do país. Em seus 83 anos de trajetória ininterrupta, a OSB já realizou mais de cinco mil concertos e é reconhecida pelo pioneirismo de suas ações, tendo sido a primeira orquestra a realizar turnês pelo Brasil e exterior, apresentações ao ar livre e projetos de formação de plateia.

Composta atualmente por mais de 70 músicos brasileiros e estrangeiros, a OSB contempla uma programação regular de concertos, apresentações especiais e ações educativas, além de um amplo projeto de responsabilidade social e democratização de acesso à cultura.

Para viabilizar suas atividades, a Fundação conta com a Lei Federal de Incentivo à Cultura, tem o Instituto Cultural Vale como mantenedor, a Shell e a NTS - Nova Transportadora do Sudeste como patrocinadores master, Brookfield e Eletrobras Furnas como patrocinadores, Sergio Bermudes Advogados e SulAmérica como copatrocinadores, além de um conjunto de apoiadores culturais e institucionais.



Saiba mais em www.osb.com.br | www.conexoesmusicais.com.br



PROGRAMA:

JORGE DA SILVA ALVES E ABNER LOPES CARVALHO - Hino de Japeri

DIMITRI CERVO – Brasil Amazônico

JOÃO GUILHERME RIPPER – Psalmus

HEITOR VILLA-LOBOS – O Trenzinho do Caipira

PIXINGUINHA – Suíte Pixinguinha (arranjos de Anderson Alves)

I - Uma Rosa para Glória

II - Os oito Batutas

III - Ainda me Recordo

CÉSAR GUERRA-PEIXE – Suíte Pernambucana

I - Maracatu

II - Dança dos Caboclinhos

IV - Frevo

LUIZ GONZAGA - Asa Branca (arranjos de Alexandre Queiroz)


SERVIÇO:

Dia 4 de novembro (sábado), às 16 horas

Local: Paço da Cidade – Japeri / RJ

Grátis



MAIS INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA:

Érica Avelar

erica.avelar@osb.com.br

(21) 98119-4559

bottom of page